Receiver e Home Theater: guia prático!

O que é home cinema?

Quem não gosta de cinema?

Quem não adoraria ter em casa uma verdadeira tela de cinema, capaz de fazer você “viajar” assistindo a seus filmes favoritos?

Saiba que existe um conjunto de equipamentos que intensificam a qualidade do som e é capaz de dar o máximo de entretenimento ao simular um cinema dentro de sua casa – home cinema.

Mas o cinema nem sempre foi assim.

No início, para que se pudesse assistir à exibição de uma pequena tira de filme, a pessoa tinha de ficar em pé e pôr um dos olhos no interior de uma câmara escura: era o cinetoscópio. Graças à criação do cinetoscópio. O cinema épossível.

Hoje tudo é bastante diferente. Sente-se em seu sofá, pegue seu controle remoto, apague as luzes e curta a tela.

Como criar um home cinema?

Além de ser um conforto tremendo, o home cinema garante a você não somente assistir a seus filmes, bandas ou séries, mas que assista várias vezes, quantas vezes quiser!

A primeira função do sistema é reproduzir o que se vê e o que se ouve de uma forma mais profunda.

É a pura fidelidade em som e imagem.

O home cinema provoca sensações mágicas como se você fosse transportado para o ambiente, o clima do filme que está sendo projetado para dentro de sua sala.

Seu home cinema é personalíssimo, sendo assim, a primeira coisa a fazer no momento de investir é observar dois pontos importantes: o equipamento e o ambiente.

Por isso, é importante saber a distância entre a tela/TV e o sofá, como a altura ideal da tela/TV e a posição dos alto-falantes e avaliar os tipos de mídia e dispositivos de conexão USB, por exemplo.

Além do sistema de áudio e vídeo, é imprescindível um projeto perfeito de automação de iluminação. Com ele, você conseguirá ajustar as luzes de acordo com o momento.

Outro dado importante é que o sistema pode ser dimensionado de acordo com o espaço e com a sua necessidade, basta que você invista em um aparelho compatível.

Assim, com um único home cinema é possível estender a qualidade de som e imagem a outros ambientes.

O que é Home Theater?

O surgimento do vídeo cassete, nos anos de 1970, fez com que as pessoas tivessem um interesse muito grande por esse equipamento.

E não era para menos, conseguir criar em casa um ambiente de cinema era bom demais, especialmente, unindo a TV ao antigo amplificador para combinar som e imagem.

Com isso a sala de casa ficava cada vez mais próxima a um cinema.

Tempos depois, com o avanço da tecnologia digital e no embalo dos vídeos cassetes, começaram a chegar ao mercado um equipamento que unia vídeo e áudio, e o desejo das pessoas em criar um cinema em casa impunha forma num conceito muito legal chamado Home Theater, verdadeira fonte de entretenimento.

O equipamento é uma combinação de vídeo e áudio e proporciona uma incrível experiência de cinema em casa.

O home theater consiste em TV, receiver e caixas acústicas, sistema para reprodução de DVDs DVD/Blu-ray player.

Há dois tipos de som: HTiB, que é de barras – Home Theater in a Box e o HTiB – Home Theater em uma caixa, e o sistema modular que usa o receiver separadamente das caixas de som.

O streaming é compatível com DVDs, melhora a imagem, toca CD e tem a possibilidade de conexão com internet e Netflix.

É imprescindível que você integre esses sistemas com a automação por intermédio de seu Smartphone, Tablet ou Smartwatch. Todas essas possibilidades são necessárias para você ficar satisfeito com o seu home cinema, no entanto, o que trará a maior satisfação é a comodidade que a automação oferece.

O que é Receiver?

Receiver é um equipamento que funciona integrado ao Home Theater que possui entradas que permite a escolha de qual imagem mandar para a TV e qual som para as caixas.

Isso vale também para mais de um vídeo game, TV por cabo e outros aparelhos: todos podem ser interligados ao Receveir.

Leia mais:  Edifícios Inteligentes: tendências para os próximos anos

Qual é a diferença entre os dois?

O Receiver recebe sinais exterior – CDs DVDs,  Decodificador de TV por cabo, Videogame, por exemplo – decodifica os sinais de vídeo e áudio – DTS e Dolby Digital – separa canais central, Subwoofer e as caixas surround, como também amplifica os sinais, levando som para as caixas acústicas.

O Home Theater proporciona experiência audiovisual similar ao do cinema. O equipamento pode começar por uma TV conectada a um DVD, mais aparelho de som, a um sistema completo em sala fechada.

O que é possível fazer com Receiver?

Com o Receiver, você pode distribuir o som e ouvir música em qualquer ambiente de sua casa, pois há nele tecnologia para até sete caixas de som.

Há no mercado do Receiver básico ao de alta qualidade. Ele pode ser acoplado ou separado do Home Theater.

Por fim, é interessante que você primeiro escolha o Receiver para depois escolher as caixas. Mas se prefere montar um kit é bem melhor.

O Receiver é especializado em receber e organizar diferentes sinais transmitidos por quaisquer aparelhos que você tenha em casa.

Em outras palavras, trata-se de um aparelho moderno, sofisticado, não só pelos vários recursos, como também pela facilidade de operá-lo.

Limitações do Home Theater

Geralmente os limites podem ser em relação ao tamanho do ambiente no qual o Home Theater será instalado, se não for bem configurado e não posicionado corretamente o aparelho pode fazer alguns barulhos.

É importante também que a sala seja projetada para receber o Home Theater, caso contrário alguns fios ficarão à mostra, alterando a decoração.

Na troca de um novo modelo TV, pode ocorrer troca do Home Theater por ocorrer incompatibilidade, e a observação dos tipos de conexões que um Home Theater pode suportar.

Quais são os melhores equipamentos para o home cinema?

A você que está sempre atento às mudanças, sabe como o mercado de televisores, câmeras, equipamentos de áudio e acessórios cresceu. Há muitas marcas reconhecidas pela alta qualidade de seus produtos e da persistente e constante inovação tecnológica em todos os segmentos. Isso faz com que esteja perto demais o momento de criar a sua sala de cinema com todo o requinte que você merece.

Veja algumas sugestões de equipamentos:

  • Samsung HT-F5555WK: leitor de Blu-Ray, DLNA, entrada HDMI ARC. Caixas de som do tipo tallboy, que produzem som limpo e definido. Efeito 3D completamente imersivo, função Ripping.
  • Samsung HT-F9750W: sistema 7.1,1330, blu-ray compatível com 3D, caixas traseiras wireless, Wi-Fi integrado, função futebol e Karaoquê.
  • Onkyo HT-S3500: sistema 5.1. 700 watts. 4 entradas HDMI 1.4, 1 saída HDMI, 2 entradas e 1 saída de vídeo componente, 4 entradas e 2 saídas de vídeo compost, 2 entradas óticas e 1 coaxial, 5 entradas e 1 saída de estéreo e 1 porto USB na parte da frente.
  • LG BH7530WB: sistema 5.1 canais. Resolução Ultra HD Up-ScalingAlto-Falantes de fibra de aramida. Wireless nas caixas traseiras. Reprodutor de Blu-Ray.
  • Smart TV LED Samsung 85S9A 85” S9 Ultra HD 4HDMI USB 240htz.
  • Smart TV LED 58” Samsung 4K/Ultra HD 58MU6120 – Conversor Digital 3 HDMI 2 USB.
  • Sony LSPX-P1: com oito centímetros de largura, cria uma tela de 80 polegadas na qual exibe filmes e informações como as horas.
  • Epson 6040UB: com capacidade para rodar filmes em 4K, emite 2.500 variações de brilho e 2.500 tons de branco.

Como iniciar o projeto?

A arquitetura hoje faz projetos para salas de cinema belíssimos. Os projetos unem estilo de vida de moradores e espaço.  Isso permite a culminância de linguagem de estilo, cores e materiais.

No projeto devem constar infraestrutura, como as caixas soundround, por exemplo, que exigem que cabos sejam passados por conduítes, por isso devem ficar embutidos, como também o estudo da quantidade de equipamentos, tomadas e carga.

De fundamental importância é a marcenaria, especialmente se com a madeira, constar no projeto da sala do home theater mescla de madeiras com laca ou mesmo o uso de mármore ou outro material.

Leia mais:  Deixe a sua casa mais segura com um sistema de automação

Definir os sistemas e os equipamentos, pois a marcenaria deve ser planejada de acordo com as especificações, por exemplo, se tem subwofer, receiver, caixas, sistemas de automação, AppleTV , videogames, etc.

O tamanho da TV e altura são essências e devem ser previstos com antecedência. Em relação à mobília, é interessante contar no projeto o tamanho, cor e local do sofá.

Atenção às as cortinas. Se no projeto a opção foi por telão, o ideal é que fique tudo escuro, nesse caso a combinação de cortina automatizada com um blackout é eficiente. Além da iluminação bem planejada o que inclui quantidade de lâmpadas, cores e, consequentemente, a automação.

5 dicas omo criar o Home Theater perfeito para sala

Independente do dia: chuvoso ou ensolarado; da temperatura: fria ou muito quente. Nada disso importa quando o desejo é assistir “aquele” filme com “aquela” companhia.

Mas, se por ventura, você ainda não sabe como criar um clima gostoso para assistir a um filme com o seu amor, ou futebol com seus amigos, ou cantar e dançar com sua família, confira aqui dicas incríveis para você ter o melhor Home Theater em casa.

Embora você queira tudo isso, mas se preocupa com a despesa que a instalação de um Home Theater em casa pode trazer, não se apoquente, pelo contrário, isso será um grande investimento não só pelo entretenimento, mas por agregar maior valor ao seu imóvel.

A começar, leve em consideração o tamanho do ambiente no qual o Home Theater será instalado. Se não for posicionado corretamente, o aparelho poderá fazer alguns ruídos.  É importante também que a sala seja projetada para receber o Home Theater, caso contrário alguns fios ficarão à mostra, alterando a decoração. Observe também se o modelo de TV é compatível com o seu Home Theater. Agora, vamos lá!

#1 Dica: TV

Ela é o centro da atenção. Mas cuidado. Não deixe de levar em consideração o tamanho da sala. Você pode escolher telas de projeção fixas e suspensas, contanto que o posicionamento do aparelho fique sempre no centro da sala.

#2 Dica: Áudio

O impecável é o som surround. É uma verdadeira realidade sonora. Imagine você perceber o som que vem de todas as direções, ou seja, o estouro de uma bomba, um carro em alta velocidade… tudo parece mesmo ser real!

#3 Dica: Acústica

Capriche no tratamento acústico. Tanto para quem está na sala ou fora dela. O isolamento acústico é importante.

#4 Dica: Iluminação

Luz e ventilação são dois fatores que interferem na composição do Home Theater em casa. Com a automatização, essa dica fica perfeita, porque você pode usar comandos de climatização e iluminação integrados ao sistema de controle, especificados e de acordo com o tamanho do ambiente.

#5 Dica: Sofá

Para tudo isso, o assento é essencial. Clássicos, linhas retas, estilo vintage, tons neutros ou coloridos, largos, profundos, com chaise acoplada.  Seu sofá deve ser aconchegante e com espaço de sobra para deitar!

Como a automação ajuda a criar o ambiente perfeito?

Se você concordou com tudo o que foi dito até aqui, imagina montar seu Home Theater em casa pela automação?

Esse método é uma verdadeira arte!

Beleza, conforto, economia e valorização de sua sala. A automação traz benefícios excelentes para você, como também proporciona um ambiente perfeito, especialmente se você conjugar Home Theater com sistema de iluminação e de climatização.

Com a automação todos os recursos de seu Home Theater em casa estão ligados de forma organizada, sistematizada. Você controla TV e Home Theater com agilidade e com apenas um controle.  Todo esse conforto do Home Theater em casa se faz por intermédio de seu iPhone, Smartphone, Tablet ou Smartwatch.

Aproveite. Depois é só escolher o filme!


Uma resposta para “Receiver e Home Theater: guia prático!”

  1. […] preciso primeiro escolher um bom home theater e existem muitas opções quanto à quantidade de caixas, como por exemplo, de 5, 3, 7, […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Master Cases de Automação Residencial e Corporativa

Soluções personalizadas para o ambiente dos seus sonhos!

Tire suas dúvidas
com um especialista em automação

Estamos disponíveis no WhatsApp:
(31) 98766-7273